A ilegalidade mata mais que o aborto

São muitos casos de mulheres que após serem submetidas a abortos violentos e inseguros acabam não sobrevivendo.

Elas têm medo de procurar ajuda na rede pública pois sabem que podem ser hostilizadas, machucadas, violadas. O moralismo e a desinformação impede que médicos as atendam adequadamente. A ilegalidade do aborto faz com que alguns profissionais se sintam no direito de punir mulheres que abortam com a morte.

Hoje, uma mulher de 27 anos, mãe de dois filhos está desaparecida depois de tentar fazer um aborto em uma clínica clandestina. Ninguém sabe o que aconteceu com essa mulher. Seu desaparecimento é mais um triste capítulo da irracionalidade que é um País proibir que mulheres tenham autonomia sobre seus direitos sexuais e reprodutivos.

 

O caso: Mulher desaparecida após ser levada para clínica de aborto

 

A obstetriz Maira Liberdad comenta o caso:

“Uma mulher está desaparecida há dias no Rio de Janeiro, tendo sido vista pela última vez quando entrava em um carro para ir a uma clínica clandestina para fazer um aborto, no Rio de Janeiro. Ela tem dois filhos (de 9 e 12 anos), um emprego, uma mãe que está desesperada atrás dela, um ex-marido que ficou durante horas esperando ela voltar no lugar marcado. Ela tem 27 anos. Ninguém tem qualquer notícia dela, apenas se sabe que ela continuou na clínica após outras mulheres que estavam juntas terem retornado.

As mulheres fazem abortos. Isso é um fato que a ilegalidade da coisa não muda. Elas merecem morrer? Ser presas? Exploradas por gente que se aproveita de um momento de fragilidade para ganhar dinheiro? Seus filhos merecem ficar órfãos? Suas famílias merecem que desapareçam? Suas mães merecem sofrer sem notícias? Nós e nossas filhas, irmãs, mães, companheiras, amigas, merecemos morar num mundo que permite que coisas assim aconteçam?

Até quando?

Pois é, Maira. Até quando a vida das mulheres vai ser regulada por questões morais e religiosas?

Gostaria também de ter uma resposta para essa pergunta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: